Eventos Feministas

20 novembro 2011

Você precisa de alguém que te dê segurança?

 


Revendo 
Velhos
Conceitos
(Sempre Alerta!)








 No orkut faço parte de uma comunidade do líder negro Malcom X. Hoje foi o dia da consciência negra e ela estava bombando.

 Criaram um tópico que questionava porque no Brasil é tão raro vermos casais de negros.Entrei.Acontece que a discussão esquentou, negros chamando outros de racistas, acho engraçado.E triste.

 Um rapazinho, militante negro (gatinho viu?),meio radical, começou a menosprezar a opinião da mulherada e o questionei se dentro do ideal que ele apregoava(panafricanismo?)havia espaço para o respeito às mulheres.


 Ou se era apenas cópia do patriarcalismo branco, com marianismo incluído, só que preto.

 Ele respondeu:"Dentro do movimento, nós cuidamos, protegemos nossas deusas(mulheres)".

 Eu, separada, sem a mínima vontade de galinhar, ou sem prática, mas *carente*,querendo encontrar um negrão pra chamar de meu, fiquei tooooda derretida, né?

 Não.Conheço esta história.
 Saí do fórum, decepcionada, porque não foi desta vez que conhecerei o negrão dos meus sonhos.Fazer o quê, né?

 Mas aí você pensa:"Esta mulher deve ser um extraterrestre se não acha sedutor o homem que deseja cuidar, proteger TUA mulher"!

 E talvez eu seja mesmo um et.Mas sabe aquela frase de "O Pequeno Príncipe"...que fala que se é responsável por aquilo que se cativa?

 Como manter a  independência se formos dependentes da proteção de alguém?

 Pelo nível do discurso do garoto, provavelmente ele não sabe que é machista. É bem intencionado,mas...."sacumé?"

Dando uma de louca do zorra total prevendo o NOSSO futuro:

 Ele jamais diria que  meu lugar era na cozinha, mas me encheria de flores um dia após eu fazer um super jantar para ele(cute!).

 Nunca faria piadas nem desmereceria eu ter recebido uma promoção no trabalho- ele só ficaria um pouco mais distante..e POR QUE?

 O figura pode não saber, mas ele é um machista enrustido, por assim dizer.

 Tem nome técnico pra isto:Sexismo Benevolente é aquele que, sem ser ostensivo ou agressivo, reforça a ideia de que “mulheres são seres frágeis”, “não foram feitas para trabalhos pesados” e, portanto, devem ser cuidadas e tuteladas pelos homens. 

 A ideologia do Sexismo Benevolente baseia-se na pretensa diferença de “força” entre homens e mulheres e se infiltra nas atitudes cotidianas disfarçada de “demonstração de carinho”, “cuidado com a mulher” e até mesmo de “cavalheirismo”. 

 Mas, diferentemente do sexismo explícito, aquele obviamente machista e misógino, ou do sexismo “moderno” que não quer aparentar machismo, mas “o que essa dona queria, saindo de casa assim com essa roupa provocante?”, o Sexismo Benevolente é insidioso, porque aparenta positividade, né, "deusas"?

 E...
 Como eu já estou bem crescidinha, não preciso de homem me "tutelando", nem de ninguém "me protegendo"....


 Nem sou a Gisele Bundchen naquela propaganda de lingerie, que depende da aprovação do macho pra tudo... não  caio neste papo bobo desta homarada querendo me adestrar...fiquei sem um negro gato.


 Não foi desta vez!






  


4 Leitor@s:

Roderich Leidenschaft disse...

Também existe "racismo benevolente". O racista benevolente é aquele que, em público, jamais falaria algo ofensivo aos negros mas que, no seu ambiente familiar dispara coisas retrógradas. Mídia, sociedade, educação (ou a falta dela)... creio ser uma combinação forte de fatores que criam o machismo e o racismo. Beijão!

http://souferrofundido.blogspot.com/ disse...

A "benevolência"esconde uma série de preconceitos em geral.E o Brasil é um país bem propício a esta prática se unirmos nossa"cordialidade" a todos os fatores que enumerou.Obrigada.

Anônimo disse...

Natacha eu concordo com você em relação ao racismo benevolente e acredito que uma mulher só se torna "tutelada" quando ela permite, claro que como você mesma disse na sua postagem, tudo isso fica bem mascarado pelos homens, mas é por causa de mulheres inteligentes como você que esse mundo ainda vai pra frente, parabéns.

M.

Fanzine Episódio Cultural disse...

EM SEU OLHAR

Em seu olhar me vejo num universo de paixão
Onde as estrelas brilham intensamente
Quando seus lábios tocam os meus.
Meu coração (outrora) tão frio e carente,
Bate cada vez mais ao sentir seu calor.
Quero me enlouquecer com seu carinho,
Perder-me em suas curvas,
Indo encontro ao mais louco delírio...

(Agamenon Troyan)

Ocorreu um erro neste gadget